Vacinação contra a influenza tem baixa procura em Betim

De acordo com balanço parcial da Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde na última segunda-feira (16), a procura pela vacina contra a gripe está baixa no município. Até 15 de maio foram aplicadas 39.419 doses do imunizante.

Os grupos prioritários com maior cobertura vacinal são o dos trabalhadores da saúde, com 59,4%; seguido dos idosos, com 50,5%; e das puérperas, com 24,6%. A meta do Ministério da Saúde é que pelo menos 90% de cada público receba a imunização contra a gripe.

O secretário de Assistência à Saúde, Hilton Soares, faz um alerta sobre a importância da vacinação. “A influenza é uma doença que pode se agravar, principalmente em pessoas mais vulneráveis, levando à internação e até mesmo ao óbito. A vacina protege contra formas graves e complicações, por isso é importante que as pessoas dos grupos prioritários sejam imunizadas”.

A 24ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou em 4 de abril e será encerrada no dia 30 de junho. Neste ano, a vacina ofertada será a Influenza Trivalente, que protege contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B. O imunizante está disponível para os grupos prioritários da campanha nas 38 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de Betim, das 8h às 17h, e no Vacimóvel, conforme a programação semanal disponibilizada no site e nas redes sociais da prefeitura.

Os grupos prioritários que podem ser imunizados são os de trabalhadores da saúde; de idosos com 60 anos ou mais; de gestantes e puérperas; de professores; de pessoas com comorbidades e/ou deficiência permanente; de profissionais das forças de segurança e salvamento e Forças Armadas; de caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário, de passageiros urbanos e de longo curso; de povos indígenas; de trabalhadores portuários; de funcionários do sistema prisional; de população privada de liberdade e de jovens de 12 a 21 anos que estão sob medidas socioeducativas.

No ato da vacinação as pessoas deverão apresentar um documento de identidade, o Cartão SUS, o cartão de vacinas e um documento que comprove a situação de saúde ou o exercício profissional, conforme a situação.

Com informações da Prefeitura de Betim

Comente

%d blogueiros gostam disto: